Dicas ao Comprar Títulos de Tesouro Direto

Dicas ao Comprar Títulos de Tesouro Direto

Investir é fundamental para que suas reservas não percam poder de compra ao longo do tempo, ou ainda que você ganhe mais do que em opções tradicionais, como conta poupança. Apesar de ser melhor investir, é preciso fazer isso de forma consciente, para que haja ganhos. Há muitas opções, como tesouro direto, fundos imobiliários, CDBs, LCIs, LCAs e muitas outras.

Quando sua opção for investir no tesouro direto, para sua reserva de emergência ou não, algumas dicas são muito importantes, e você vai descobri-las a seguir.

Dicas ao Comprar Títulos de Tesouro Direto

Tarifa semestrais nos títulos com rendimento no vencimento 

O fato de comprar os títulos de tesouro direto exige o cuidado com o pagamento da tarifa semestral da B3, depositando na conta da corretora em que você os comprou. Esse cuidado é o que diferencia o tesouro das contas com rendimentos convencionais.

Os títulos com rendimento semestral também exigem taxas semestrais e até IR. Apesar disso, há descontos após o pagamento à corretora e o repasse para você.

Imposto de renda pago pela corretora 

Falando nisso, o IR não é pago por boletos ou outros meios. A corretora, no caso do tesouro, já recolhe o imposto de renda.

Venda antes do vencimento do título 

Algumas taxas são antecipadas ou ele pode ser negociado a outros valores do que a compra. Como outros títulos, a venda é regulada pelo mercado.

Tesouro selic é o mais “seguro”, e o mais caro 

Um dos títulos queridinhos para reserva de emergência é o Tesouro Selic. Apesar desse apelo, os títulos custam mais por unidade: enquanto os títulos não atrelados à Selic estão na casa dos quarenta reais, os títulos Selic passam de cem reais, sendo o mínimo para compra.

Prazos e taxas dos títulos vão mudando 

Os títulos do tesouro direto vão mudando ao longo do tempo. Os prazos de vencimento mudam, e as taxas oferecidas também, e isso não vale só para aqueles atrelados à Selic. Quando aumenta a inflação oficial, as taxas dos títulos de Tesouro Direto vão aumentando, e o inverso acontece quando diminuem.

Existem perdas sim, mas dependem de como você maneja os títulos

A variação nas taxas pagas pelos títulos faz com que eles possam valer mais ou menos numa cotação para a venda. Lucrar com isso e não apenas esperando o título vencer depende de estudar mais como funciona a venda e como fazer.

Conclusão 

Entendemos melhor alguns aspectos dos títulos do tesouro direto. Para começar a investir, procure sua corretora e lá encontrará mais informações como comprar os títulos, depositar na corretora, receber os valores e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.