Como Calcular a Taxa de Crescimento Anual da Sua Empresa?

Todo empresário busca manter o negócio em ascensão, gerando lucro e crescendo. Mas para conseguir isso, é necessário fazer análises periodicamente, sendo que uma dessas análises é a taxa de crescimento anual.

Um dos melhores momentos para fazer o cálculo sobre a taxa anual de crescimento é no final do ano.

como calcular a taxa de crescimento empresarial

É nesse período que o empresário consegue visualizar como foi o crescimento da companhia e quais são os próximos passos para manter o crescimento ou expandir ainda mais.

Se o empresário busca performance e uma boa análise, é preciso conhecer e aplicar o cálculo da taxa de crescimento anual.

O que você irá precisar para calcular a taxa de crescimento anual de uma empresa

Para o empresário conseguir fazer o cálculo da taxa de crescimento anual é preciso o valor de crescimento do ano anterior e a taxa de crescimento atual.

Em outras palavras, é preciso ter o valor da empresa no ano anterior e valor atual. Uma forma de identificar qual é o valor da empresa é por meio do patrimônio líquido.

Normalmente, uma companhia que registra lucros e não faz a distribuição dos mesmos, mantém um patrimônio líquido e constante alta.

Assim, dá para dizer que a taxa de crescimento anual composta pelo PL atual e anterior da empresa. 

Como calcular a taxa de crescimento anual da empresa

O cálculo é bem simples. Para encontrar a taxa de crescimento anual da empresa, é preciso realizar o seguinte cálculo:

Porcentagem de Crescimento em Um Ano = ((Valor final – Valor inicial)/ Valor inicial) x 100

Mas para conseguir colocar a fórmula em prática, é preciso ter os valores em mãos.

1.  Levantar os dados do último ano

Os dados para a confecção da fórmula podem ser verificados no balancete da empresa, ou por meio do balanço patrimonial.

No balancete, é preciso levantar o valor total do patrimônio líquido. No balancete/balanço do período anterior, haverá os dados iniciais.

Já no balanço/balancete atual, haverá os valores finais. Assim, os principais dados são verificados e já podem ser colocados na fórmula.

2. Utilizar fórmula matemática

Vamos supor que o PL da empresa no ano anterior estava em R$ 100.000,00. No balanço atual, o valor do PL está em R$ 125.000,00.

Portanto, a fórmula da taxa de crescimento fica assim:

Porcentagem de Crescimento em Um Ano = ((125.000 – 100.000)/ 100.000) x 100

Porcentagem de Crescimento em Um Ano = 25%

Fazendo o cálculo da taxa de crescimento é possível identificar que a firma cresceu de um ano para outro 25%.

3. Considerar índice de inflação

Para adicionar a inflação sobre o cálculo da taxa de crescimento, basta dividir o valor do PL pela taxa de inflação do período.

Vamos supor que a taxa de inflação utilizada seja o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Considerando os mesmos dados do exemplo anterior, ao identificar o PL inicial, de R$ 100.000,00, é preciso dividir o valor pela taxa de inflação do período.

Vamos supor que a taxa de inflação é de 5%, o resultado da divisão é R$ 20.000,00. Agora vamos multiplicar os R$ 20.000,00 pela taxa de juro do período atual.

Vamos supor que a inflação atual seja de 6%, então o valor inicial da empresa ficará em R$ 120.000,00. A fórmula para descobrir a taxa de crescimento anual ficará assim:

Porcentagem de Crescimento em Um Ano = ((125.000 – 120.000)/ 120.000) x 100

Porcentagem de Crescimento em Um Ano = 4,17%

Com essa taxa de crescimento, o empresário terá uma taxa real, uma vez que a mesma já estará incluindo a inflação do período.

Querendo ou não, essa taxa de crescimento é mais precisa do que aquela que não considera a inflação.

Quais os benefícios de calcular a taxa de crescimento anual de sua empresa?

Conseguir determinar qual é o nível de crescimento da empresa é importante para reconhecer desvantagens e vantagens da companhia e do negócio em si.

Por exemplo, em uma situação onde as pessoas vêm utilizando mais a internet para fazer as suas compras, uma companhia que vê o crescimento derreter e não está trabalhando online, já consegue identificar o problema através da queda do crescimento.

Ou uma empresa que há tempos não traz um produto novo, pode estar perdendo mercado para concorrentes que vem estimulando os seus clientes com produtos novos e inovadores.

Outro benefício que o cálculo da taxa de crescimento anual agrega à empresa é na decisão estratégia do negócio.

Uma firma que consegue aumentar sua taxa de crescimento, ano após ano, está fazendo algo certo e conseguindo o impacto desejado no mercado.

Já uma firma que está evoluindo, mas volátil, sem conseguir manter uma taxa de crescimento constante, pode estar sofrendo em alguma parte do negócio.

A taxa de crescimento anual é um indicador relevante e deve fazer parte dos indicadores de análise da companhia.

Conclusão

A taxa de crescimento anual é um bom indicador para ser analisada quando se quer avaliar a evolução do negócio da empresa.

Sendo que a forma mais eficiente de colocar em prática a taxa de crescimento anual é adicionando a inflação.

Quando se faz a taxa de crescimento anual sem a inclusão da inflação, o crescimento aparenta ser maior, porém, é irreal e não verdadeiro.

Uma vez que o dinheiro perde o seu valor periodicamente. Desse modo, para fazer uma análise mais precisa e eficaz sobre a situação dos resultados da companhia, é preciso incluir a inflação no cálculo da taxa.

Você compreendeu como calcular a taxa de crescimento anual de uma empresa? Ainda há dúvidas? Deixe uma pergunta que, assim que possível, já respondemos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *